Arquiteta Rosa Kliass, paisagista amiga da Cidade e do CJA ganha mais um prêmio

Em: Informativo

3 jun 2014

A arquiteta paisagista Rosa Grena Kliass venceu o prêmio Pensador de Cidades “Luiz Antonio Pompéia” da Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp) pelo Projeto de Paisagismo do Parque da Juventude, em São Paulo, na área do antigo Carandiru. O que isto tem a ver com São José? Muito! Rosa Kliass participou da equipe de elaboração do primeiro Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI) de São José dos Campos, em 1968/69. Este plano inovou ao integrar a participação dos profissionais da prefeitura, como o diretor de planejamento, arquiteto Willy Pecher, hoje aposentado e vivendo em Ubatuba.

         E mais: contratada pelo primeiro superintendente do Codivap, Paulo Egydio Martins, coordenou o trabalho “Caracterização do Conhecimento do Vale do Paraíba”, em 1971. Participou da elaboração do projeto do Parque Regional do Banhado, em 1973, que encontra-se no Arquivo Público Municipal. Em 1974 foi consultora da prefeitura e realizou o Planejamento Paisagístico da Urbanova. Em 1976 participou do projeto de reforma do SESC e em 1978 projetou o paisagismo da divisão de motores da GM. Enfim, Rosa Kliass tem uma histórica relação pessoal e profissional com a cidade e a região.

         Convidada pelo Clube de Joseenses e Amigos, Rosa Kliass fez o estudo preliminar de conceituação e localização de um Jardim das Nações na área expandida do Parque da Cidade Roberto Burle Marx, em 2009. Com as desapropriações promovidas pelo prefeito Eduardo Cury a partir de 2005, a área expandida do Parque da Cidade passou a ser maior que a área do Parque Ibirapuera, em S. Paulo, necessitando, inclusive, da elaboração de um Plano Diretor de Preservação e Ocupação que também poderia ser por ela coordenado. O aplauso dos joseenses e amigos a Rosa Grena Kliass, a Pensadora de Cidades.    – (colaboração de Luiz Paulo Costa)

 

Comente este post: